12 de abr de 2010

A alegria que vem de Deus


     No capítulo 2 do Evangelho de João observamos o primeiro milagre de Jesus e, através deste sinal, aprendemos que Cristo inicia seu ministério em um casamento.

     Um ponto interessante do texto de João é que Jesus transforma a água, que representa a vida, em vinho, que simboliza a alegria. Enquanto Moisés (Êxodo 7), por motivos que fogem do assunto deste texto, transformou a água (vida) em sangue (morte), Jesus transforma a nossa vida (que muitas vezes está toda enrolada, triste e sem esperança) em pura alegria, vinda diretamente de Deus. 

Salmo 16:11 - “... na tua presença há fartura de alegria...”

João 15:11 - “Eu vos digo isso para que a minha alegria esteja em vós e vossa alegria seja plena.”

     Isso não significa que nossa vida será um "mar de rosas", mas significa que podemos passar por todas as tribulações sem perder a fé, a paz e a esperança. A alegria divina não é sinônimo do fim dos nossos problemas, mas representa a esperança de um final feliz; não significa dinheiro no bolso, mas nos traz a garantia de uma morada no "Novo céu e nova terra", onde dinheiro nenhum pode comprar. Deus está nos convidando a beber da água da vida, aquela que entra em nossos corações e que, através do Espírito Santo, nos traz a verdadeira e eterna alegria. Venha beber enquanto há tempo!

Romanos 14:17 - “[O Reino de Deus] é justiça, paz e alegria no Espírito Santo”.


Autor: Wesley de Sousa Câmara
Atualizado em 11/02/2015

O que achou?