Seguidores

O primeiro milagre – da água para o vinho


     Texto base: João 2:1-11.

     No capítulo 2 do Evangelho de João encontramos o primeiro milagre de Jesus, isso mesmo, o primeiro! O versículo 11 deixa claro que, segundo João, a afirmação de alguns, que Jesus já teria feito milagres em sua infância ou em sua juventude, não passa de especulação improcedente:

“Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória”...

     Além de falar do primeiro milagre, este texto chama a atenção em vários momentos. Primeiramente, observamos que se tratava de uma festa e Jesus havia sido convidado. O convite chegou a Jesus e o mesmo foi ao casamento, pois Ele nunca ignora um chamado. Ele está presente em todos os momentos de nossas vidas, desde os eventos mais simples até os momentos mais marcantes. E foi justamente em uma ocasião cotidiana que realizou o primeiro milagre. Não foi em um "templo", nem em um "culto", nem entre os “bispos doutores fulano de tal”, e sim, entre pessoas comuns, que deram ouvidos à Sua voz e que o convidaram para participar.
     O vinho (que por sinal continha álcool, mesmo com "nossa" tentativa de rejeitar essa realidade. Mas isso é assunto para outro texto), na época, era um símbolo de alegria, portanto, não poderia faltar em uma festa. Porém, em dado momento, acabou e Maria (mãe de Jesus) veio até o Mestre anunciar o ocorrido. E a resposta que obteve foi interessante: “Minha hora ainda não chegou”. Essa declaração demonstra que o Senhor tem hora certa para agir. Não é quando queremos ou quando achamos que é o momento oportuno e sim, quando Ele quer.

     “Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser.” - Versículo 5

     Neste trecho há uma referência ao ideal de Deus para nossa vida. Não basta aceitá-lo e reconhecê-lo; devemos também dar ouvidos à Sua voz e fazer Sua vontade (obediência). E as ordens que deu foram: “Enchei as talhas de água” e “Tirai agora e levai ao mestre-sala” (nem preciso dizer que eles O atenderam, certo?).
     Sabemos que a água é sinônimo de vida. Os cientistas que procuram seres viventes em outros planetas buscam, primeiramente, indícios de água. E essa foi a única coisa que Jesus precisou para realizar o sinal miraculoso. Por isso, devemos entregar a Deus as nossas vidas, obedecê-lo e o "restante" Ele se incumbirá de fazer. Não importa a qualidade da água (nossa vida), se está limpa ou imunda. Ele quer e ama você como você realmente é, pois a transformação divina é sempre completa e perfeita, não importando o seu estado inicial.
     A água é, ainda, um símbolo da Palavra de Deus, que origina uma nova vida quando entra em nós (nas talhas). A alegria que o mundo nos oferece é transitória e logo ficamos novamente vazios, porém, a verdadeira alegria surge quando a água da fonte da vida (a Palavra) passa a nos encher.
     Quando o mestre-sala provou o vinho sentiu que era de excelente qualidade, afinal, o que Jesus faz é sempre o melhor, surpreendendo até mesmo os “experts” no assunto. Percebemos ainda que a qualidade do vinho não foi definida por sua aparência, mas pelo seu sabor. Apenas os serventes sabiam a procedência daquela bebida. O mestre-sala não fez como fazem muitos atualmente, que dão importância ao rótulo, que analisam a fama ou a aparência do produto, sem se importar com o conteúdo.
     A transformação da água em vinho foi o primeiro milagre de Jesus e é também o primeiro sinal que Ele opera na vida de cada um de nós. Ocorre uma profunda transformação em nosso interior e somos cheios do Espírito Santo, mesmo que, para alguns, pareçamos a mesma talha velha e inútil. Entregue sua vida a Deus, descanse nos méritos de Cristo e o Espírito Santo lhe guiará nesse processo de contínua transformação de sua vida, até que um dia, em um corpo transformado, será plenamente transformado à perfeita imagem e semelhança de Jesus. É isso que Deus faz: nos transforma de pecadores à imagem de Adão, à seres incorruptíveis à imagem de Cristo. Essa é nossa salvação.

Autor: Wesley de Sousa Câmara
Atualizado em 11/02/2015

O que achei: