11 de jun de 2010

Respostas aos “legalistas” – Roupas de homem na mulher

Argumento: “Não haverá roupas de homem na mulher...” (Deuteronômio 22:5).

     Com um pouco de conhecimento bíblico e de temor a Deus já é possível anular esse argumento. Cristo veio ao mundo e morreu por nós, deixando uma Nova Aliança. A partir de então, toda a lei de Moisés ficou para traz (Romanos 6:14; Romanos 10:4; Romanos 7:6; II Coríntios 3:14; Gálatas 3:23-26; Colossenses 2:13-15; Hebreus 7:12 e 7:18,19; Hebreus 8:6-13 e 9:15-17). Não precisamos e nem devemos segui-la, pois fazendo isto, estaremos negando o sacrifício de Jesus.
     Porém, caso ainda estivéssemos sob o regime do Velho Testamento, continuaríamos em dificuldades para seguir essa norma, por vários motivos:
- Essa passagem provavelmente faz alusão às pessoas que usavam roupas do sexo oposto, provavelmente retratando alguns grupos específicos de homossexuais (transexuais? Travestis?) e alguns rituais impuros de Canaã. Atualmente, qualquer tipo de “ritual impuro” e a homossexualidade não implica necessariamente em usar roupas do outro sexo.
- Exigências semelhantes são feitas nos versículos seguintes e no capítulo 23. Por que esse versículo deve ser cumprido, enquanto as franjas nos cantos da manta, o parapeito no telhado e a impureza da mulher menstruada são ignoradas? Percebemos que quem adota esse argumento é, no mínimo, parcial (adota apenas o que lhe convém).
- Os cinco primeiros livros da bíblia fazem parte do Pentateuco (ou “livros da Lei”). Os judeus dão o nome de “Torá”. Como sou cristão (de Cristo) e não, judeu, não tenho que seguir essas regras.
- Naquela época não existiam calças, saias, blusas ou bermudas. As vestes masculinas e femininas eram túnicas, diferenciando-se provavelmente na tonalidade das cores. O autor provavelmente nem imaginava que um dia existiriam vestimentas como as nossas, mas muitos acham que no texto há referência a calças para homens e saias ou vestidos para mulheres.
- Alguns afirmam que calça é roupa masculina, então
um homem pode usar uma calça justa, de cós baixo, bordada com flores e com lantejoulas? Ou seria mais lógico aceitar que existem calças masculinas e femininas? As camisetas e bermudas são de homem ou mulher? Tanto um quanto outro usa sem problemas, então não se encaixam no versículo citado! (Obviamente, os tempos mudaram. A cultura e as roupas também). Vestimenta é uma questão cultural, portanto variável em diferentes regiões em diferentes épocas.
- Várias mulheres ditas servas de Deus usam “blazer”, que nada mais é do que um terno para mulheres. Ou seja, há ternos masculinos e femininos, assim como há calças, blusas, camisas, tênis de ambos os sexos.
- Se Deus não aceita o uso de calças por mulheres, é inadmissível que sejam usadas em qualquer parte do mundo e em qualquer ocasião. Não importa se cai neve, se é apenas para dormir ou para trabalhar. Deus abre exceções para o pecado? “Ah, mas para trabalhar e para dormir pode”. Se em situações especiais, como para trabalhar, é permitido, então uma cristã pode levar a vida como prostituta ou como traficante? Ou é pecado ou não é. Sejamos coerentes!

Autor: Wésley de Sousa Câmara

Referências:
Bíblia de Jerusalém
Bíblia Almeida Corrigida Fiel
COLEMAN, Willian L. :Manual dos Tempos & Costumes Bíblicos; Editora Betânia.

O que achou?