15 de jul de 2013

Os evangélicos estão "tão fracos" por estarem se misturando com o mundo?


     Não acho que seja apenas por isso, pois de nada adiantaria não se misturar, sendo no nosso coração sequer soubermos a razão de nossa fé. A maioria dos "evangélicos" nem consegue explicar o que é Evangelho e qual o seu significado. E olha que falo daqueles que frequentam "igrejas" há anos, hein! Para a maioria, Evangelho é sinônimo de frequentar semanalmente um culto...
     Quanto à mistura, lembre-se que Jesus andava entre os pecadores e nunca se contaminou. E nós devemos segui-lo. Ele é nosso exemplo e devemos "imitá-lo". Por isso somos sal, para vivermos fora do saleiro, misturados mesmo onde precisamos fazer "efeito". E sabemos que o sal não se contamina, pelo contrário, ele conserva; e a Luz ilumina um lixão e continua sendo luz, sem contaminação, totalmente pura. Assim é aquele que vive com Jesus. Portanto, o problema da fraqueza não é por causa de mistura e sim, de falta de consciência e de fé no Evangelho, que só ocorrerá se a pessoa for exposta à genuína da Palavra de Deus, algo que está cada vez mais raro atualmente no meio que se diz cristão.

Por: Wésley de Sousa Câmara

O que achou?